quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Os Cara de Pau. - Da Assembleia.

Com o meu título Os Cara de Pau não me refiro ao programa de Televisão que passa na Globo e que eu nunca vi, mas aos deputados da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, que querem agora pedir, na justiça, uma priva lex, eu explico, uma lei privada que beneficie a eles próprios, e somente a eles, mesmo contrariando todos os princípios do direito, da justiça social e dos próprios fundamentos de nossa sociedade, da universalidade e da igualdade. Será que esse desrespeito aos mais sagrados princípios de nossa sociedade não seria motivo para penalização? Com certeza, nos sobra a penalização pelo voto.

Não vou aqui fazer toda uma retrospectiva histórica da questão, que repercutiu muito na mídia no dia de hoje. Em síntese, deputados da Assembleia Legislativa pediram para que o seu presidente assinasse uma lei, que circula por aí desde 2008 e que ninguém, por diferentes motivos, quis assinar. O próprio Rossoni, o presidente do legislativo, aconselhado por sua procuradoria jurídica, não o assinou. Este fato é que motivou  vinte e cinco de seus deputados recorrerm ao poder judiciário, lhe solicitando a sua aprovação. A procuradoria alegou vencimento de seu prazo de validade.

Como este é um espaço mais permanente, eu transcrevo, da Gazeta do Povo, o nome desses deputados, que certamente querem o reconhecimento da sociedade pelos relevantes serviços a ela prestados para que lhes seja concedida esta priva lex, de até R$ 17.000,00. Lembarando que para os comuns dos iguais, para quem a universalidade da lei é aplicada, o benefício atinge a R$ 3. 912,20 no seu teto máximo. A Gazeta do Povo publicou, tanto o nome, quanto o partido desses deputados, junto com uma observação, pois, já teve um arrependido no meio. Segue a transcrição do nome e do partido e também da observação. A sequência é em ordem alfabética.
Adelino Ribeiro                     PSL
Ademar Traiano                    PSDB
Ademir Bier                          PMDB
Anibelli Neto                        PMDB
Artagão Junior                      PMDB
Caíto Quintana                      PMDB
Cleiton Quielse                      PEN
Duílio Genari                         PP
Élio Rusch                             DEM
Evandro Júnior                      PSDB
Fábio Camargo                     PTB
Fernando Scanavacca            PDT
Gilberto Ribeiro                     PSB
Gilson de Souza                     PSC
Hermas Brandão Júnior          PSB
Jonas Guimarães                    PMDB
Luiz Accorsi                           PSDB
Luiz Cláudio Romanelli           PMDB
Mara Lima                             PSDB
Mauro Moraes                       PSDB
Nelson Garcia                        PSDB
Pastor Edson Praczyck           PRB
Roberto Acioli                        PV
Rose Litro                              PSDB
Stephanes Júnior                     PMDB
*O deputado Ney Leprevost (PSD) apresentou um requerimento pedindo a retirada de sua assinatura.

A conscientização política e a moralidade pública tem na informação o seu começo.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário. Depois de moderado ele será liberado.