segunda-feira, 18 de outubro de 2021

Na serra gaúcha. Um tour fotográfico.

Nesses últimos tempos vivi uma espécie de confinamento, em virtude do Coronavírus. Fiquei em casa, por quase dois anos. Agora, um dos meus filhos usufruiu dez dias de férias e me convidou para visitarmos o Rio Grande do Sul, e Harmonia, a minha cidade natal, de uma maneira toda especial. Tracei um roteiro que começou na segunda-feira, dia 27 de setembro. Sem pressa saímos de Curitiba, chegando em Antônio Prado ao final da tarde. Antônio Prado é considerada a mais italiana das cidades brasileiras, em virtude de encontrarmos nela mais de 40 casas tombadas. Vejam o link e a sua igreja matriz.

 https://www.antonioprado.rs.gov.br/turismo/patrimonios_sub.php?id=1

A bela igreja matriz de Antônio Prado.

Na terça feira (28) nos ocupamos com dois programas. Uma visita ao Santuário de Nossa Senhora de Caravaggio para fazer, especificamente, dois pedidos. Muita chuva em Curitiba para acabar com o rodízio de água e o segundo, um pouco mais difícil, para o Grêmio não cair para a série B, do campeonato brasileiro. O primeiro pedido, creio que já foi atendido, mas o segundo, com a derrota de ontem, para o Sport....., não sei.

A capela original e o Santuário atual de Nossa. Senhora. de Caravaggio, em Farroupilha

Pouco depois, num dos restaurantes no Vale dos Vinhedos, encontramos o Branco, aquele lateral esquerdo da seleção brasileira e do Grêmio e ele nos alertou de que deveríamos ir também para Aparecida e Fátima.

Rosas colhidas no Vale dos Vinhedos.

Os dias 29 e 30 foram dedicados a visitas familiares.

Turismo rural familiar, eu, Andrei e Rose e o meu sobrinho Marcos, em meio a mais de mil pés de limão.

Já no dia 30 fomos a Gramado, fazendo antes uma visita ao Parque do Imigrante em Nova Petrópolis. Depois de visitas em Gramado, passando pelo Lago Negro, Mini Mundo e pelo centro da cidade fomos a Canela para uma visita a sua belíssima igreja e a fantástica cascata do Caracol.

Castelo de Neuschweinstein no Mini Mundo e o original nas proximidades de Munique na Alemanha. No Mini Mundo tudo é vinte vezes menor. Passeio imperdível.


Em Canela, a magnífica cascata do Caracol e a majestosa Catedral de Pedra.

Dedicamos o sábado ao Parque Nacional dos Aparados da Serra, onde visitamos os canyons de Fortaleza e Itaimbezinho. Tivemos azar. Chegamos ao canyon Fortaleza por volta das 9h00, ainda com boa visibilidade, mas ao chegarmos no mirante principal uma forte neblina o tornou praticamente invisível. No de Itaimbezinho não vimos absolutamente nada.


Duas vistas do canyon de Fortaleza em Cambará do Sul. As majestades da natureza.

Como o trecho entre Cambará do Sul, São José dos Ausentes e São Joaquim (SC) é todo ele em estradas de chão, abrimos mão de descer a Serra do Rio do Rastro e rumamos para Florianópolis, para não encompridar tanto a viagem de volta, no domingo. Foi um roteiro de tirar o fôlego, tanto pela beleza dos encantos naturais, quanto as que foram feitas pela intervenção humana. E, durante a viagem, excelente gastronomia e vinhos extraordinários.



2 comentários:

  1. Posso assegurar que o roteiro foi muito bem traçado. Os lugares são maravilhosos. Agradeço a sua manifestação, Leni.

    ResponderExcluir

Obrigado pelo comentário. Depois de moderado ele será liberado.